quarta-feira, julho 27, 2005

Sem palavras...

... mas com muitas lágrimas!
Lágrimas de felicidade que começaram a cair mesmo sem eu querer.
Vi algo que nunca tinha visto.
Um momento tão bonito e tu tão longe. Faltou aquele abraço, sem apertar muito. Fica guardado...
Vi o bébé que está na barriguinha da minha amigona.
Fiquei sem palavras!
Nunca tinha visto nada tão bonito... Tão perfeitinho!
Ainda não estou em mim e as lágrimas parece que não querem parar.
Estou tão emocionada e tão feliz.
Tenho saudades tuas, miúda!

10 Comentários:

At 27/7/05 15:49, Blogger pachita disse...

ó miúda, quéisso? toma lá um xi :)

 
At 27/7/05 16:07, Blogger Ana Rangel disse...

:)

Eu também... muitas! Está quase...

Mil beijinhos!

 
At 27/7/05 16:15, Blogger heidy disse...

:) É bonito não é? ver um ser crescer, e tornar-se algo que é parte integrante de nós. Eu nunca fui mãe de sangue, ams tenho uns quantos sobrinhos emprestados. :) E uam mana oito anos mais nova que eu. O que a tornou na minha pequerrucha. A pessoa a quem eu não tive reservas para entregar todo o meu amor. :) E prontus, daqui a nada, inundamos este cantinho. :)
jokas

 
At 27/7/05 16:27, Blogger Oumun disse...

:)

um beijinho pa ti

 
At 27/7/05 16:31, Blogger Xuinha Foguetão disse...

Heidy,
sinto-me estupidificada!
Nem sei explicar bem...
Se calhar porque nunca tinha visto e ainda por cima por ser o bébé de alguém que eu adoro!
Beijos grandes.
(se o Toni vê isto pensa que nós temos coração de manteiga...)

 
At 27/7/05 17:02, Blogger pachita disse...

E quem é que não se derrete por um baby?... :)

O António pelos vistos deve estar ocupado a arrumar a secretária dele. Afinal, vai de férias na 6ª.

 
At 27/7/05 17:08, Blogger Xuinha Foguetão disse...

Acho q amanhã é o último dia de trabalho dele antes de umas longas e, agora depois de nos aturar ainda mais, merecidas férias! :)

 
At 27/7/05 17:55, Blogger heidy disse...

É verdade. Eu tenho uma amiga que engravidou quando nós eramos adolescentes. Fui a primeira a abrir o exame que a declarava grávida. Estive com ela durante a gravidez e quase até ao momento do bebé nascer. Já passaram muitos anos... aquilo aconteceu quando tinhamos acabado de fazer 17, hoje estamos com 31... e aquele moço é como se fosse da minha familia. Vi-o bebé; quando deu os primeiros passinhos; as primeiras palavras... a sua ida para escola... a sua primeira paixoneta. :) Continua a ser o meu menino. Só que já tem 14 anos. :( Não posso pegar-lhe ao colo. :( POr isso, entendo-te perfeitamente.
Quanto ao Toni, negamos pah. Não somos que estamos aqui a escrever. eh eh eh Somos más!!!!!!

jokitax

 
At 27/7/05 18:06, Anonymous Ju disse...

Que grande emoção!
Não é fácil ver uma lágrima no canto do teu olho... mas há momentos assim...
Um grande abraço

 
At 28/7/05 14:00, Blogger AnaBond disse...

:)

 

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer